Pequeno dicionário da feminilidade para rapazes desavisados – A-E

Padrão

As Mineiras Uai, orgulhosamente, apresentam um dicionário feito especialmente para você, caro leitor. Você que está cansado de histeria feminina, TPM e tudo mais, já vamos logo te avisando: não se trata de histeria, mas apenas de entender o maravilhoso (e horripilante) mundo das mulheres…

(Em tempo: Amigas leitoras, não se acanhem e incluam seus verbetes nos comentários. Assim estarão contribuindo com o blog e com o público masculino… Quem sabe seus namorados e/ou maridos são nossos leitores e vocês nem desconfiam? Depois vocês vão nos agradecer!)

Pequeno dicionário da feminilidade para rapazes desavisados

A – E

A

Artrópode: filo animal que contém a absoluta maioria dos bichos mais nojentos e asquerosos do Mundo, que merecem ser eliminados sem piedade. Nunca deixe que um desses se aproxime de uma mulher, e será amplamente recompensado. (Esta regra não é válida para camarão e lagosta, a não ser que sua namorada/esposa seja alérgica. Esses bichinhos são deliciosos quando cozidos! – Como bem chamou a atenção o Gravata.)
Anca: o mesmo que culote, pode também ser usado para designar uma mulher com o traseiro grande. Melhor não arriscar sua vida e nunca dizer que sua mulher é “ancuda”, ou tem ancas lindas.
Amiga: adjetivo utilizado para caracterizar pessoa do sexo feminino com a qual possuímos um certo grau de intimidade e com quem mantemos um relacionamento baseado estritamente no companheirismo, afinidade intelectual e psicológica. Qualquer interesse de cunho sexual deve ser banido deste relacionamento, razão pela qual, de preferência, os homens não deverão ter amigas. Se a “amiga” vier entre aspas então, desista.
Anéis: o que seriam de nossas mãos sem eles. Dourados, prateados, foscos… Pode ser um anel de formatura, básico para o dia-a-dia, ou a tão esperada aliança.

B

Batom: pigmento utilizado para colorir os lábios, imprescindível para qualquer mulher se sentir bonita. Por isso não vale pedir para a namorada/esposa deixar de usar para não “melecar”.Também é muito usado como detector de infidelidade quando presente em leves (ou não) traços em camisa masculina.
Bola: objeto arredondado alvo da ira feminina quando da marcação da pelada no sábado à tarde. Também pode ser usado como adjetivo pejorativo para mulheres de formas mais generosas. Atenção! Nunca falem isso com sua namorada/esposa! Risco de ficar sem suas bolas (sabem do que estamos falando, não é?) .
Bolo: no sentido denotativo, significa aquela sobremesa que sua mãe é craque para fazer, pode ser com ou sem recheio, cobertura, etc. É algo que a maioria das mulheres passa longe para não engordar. Cuidado com o sentido conotativo: mulher nenhuma gosta de levar um bolo, ficar esperando muito, etc.
Blush: acessório indispensável que deixa sua mulher com um ar mais jovial e com cara de saúde, maquiagem usada para passar nas maçãs do rosto. É indispensável, e nunca frescura. Entenderam?
Bijouterias: essas não faltam nos guarda-roupas femininos. Combinando com todas as roupas, podem ser encontrados na versões, brincos, anéis, pulseiras, colares, baratinhas, e o que mais as habilidosas mulheres inventarem.

C

Cólica: dor absolutamente insuportável que se manifesta uma vez por mês nas fêmeas púberes durante o período menstrual. Não, não dá para sair de casa nesses dias, no máximo sentar no sofá pra assistir um DVD. Na ocasião, uma bolsa de água quente é sempre bem vinda, assim como um remedinho carinhosamente apresentado com um copo d´água. Esta atenção será muito bem recebida por sua namorada/esposa, e com certeza isso contará pontos a seu favor.
Caloria: unidade do poder engordativo dos gêneros alimentares, que devem ser calculados a cada refeição sob pena de surgirem manchas e bolhas no corpo, tontura e suores excessivos. Melhor deixá-la calcular em paz do que ter que ouvir no fim do dia a lista de tudo o que ela comeu.
Curvex: utensílio de maquiagem para realçar os cílios. Não confundir com alguma ferramenta ou objeto de engraxar sapatos sob pena de irritar profundamente uma mulher.
Cabeleireiro: é o melhor amigo das mulheres.
Chocolate: é o melhor amigo das mulheres. (Principalmente nos dias de TPM!)
Culote: espécie de calça de extremo mau-gosto, hoje já em desuso (felizmente); gordura localizada nas laterais externas superiores das coxas, abominadas por toda e qualquer mulher que se preze; o mesmo que “anca”. É para se livrar dele que elas fazem “quatro apoios”, “adutor” e “abdutor”. (Aproveitamos para dizer que um homem jamais deve ficar olhando uma mulher fazendo esses exercícios na academia. Caso contrário, o espécime será inevitavelemente taxado como “tarado” e, na melhor das hipóteses, “inconveniente”. Ou seja, será imediatamente descartado da lista de possível pretendente ou amigo).
Cachorro: é o melhor amigo do homem. Do homem! Quando sua mulher/namorada está cheirosa, poderosa, com aquela meia-calça finíssima para ir a uma festa de arromba, acredite, um cachorro é a última coisa que ela quer ver.
Cachorra: é aquela sua ex que não pára de te ligar.

D

Day-after: é o famoso “dia-após”. É o dia em que você deve ligar, ser carinhoso e fofo, dizer que já está com saudades, e que a noite foi espetacular!
Dieta: é a melhor amiga da mulher, companheira inseparável de todas as refeições. De todas as horas, e todos os dias. Pode vir sob a forma de várias espécies: “da Lua”, “da Sopa”, “de South Beach”, “do Dr. Atkins” e por aí vai.
Dor: acredite numa mulher quando ela disser que está com dor, e leve-a já para um hospital! As mulheres têm enorme resistência a ela, então quando reclamam, é porque já não dá mais para agüentar.

E

Ex-: nunca diga esta palavra em voz alta perto da sua namorada/esposa. Nunca. Por mais que ela insista em saber do seu passado, acredite, é tudo da boca para fora, e ela nunca vai querer saber de outras mulheres enconstando em você, das que já encostaram em você ou que já quiseram encostar em você. Nunca mesmo.
Esqueleto: conjunto do sistema ósseo que dá sustenção e forma ao corpo humano. Também pode ser um adjetivo utilizado para caracterizar uma mulher magra demais. Esteja sempre ciente de que o sentido de “magra demais” significa”mais magra que sua namorada/esposa”. Vale a pena anotar que, a não ser ela se enquadre na categoria “esqueleto”, toda mulher ama o homem que detesta mulher-esqueleto e diz isso, entenderam?

****

Observações:

1) Devido à grande extensão dos verbetes, iremos publicar aos poucos o “Pequeno dicionário da feminilidade para rapazes desavisados”. Por favor, tenham calma. As mineiras agradecem.

2) O fato de alguns verbetes não se encontrarem dispostos em ordem alfabética é proposital, nós não faltamos à aula no dia desta lição: apresentamos os verbetes na ordem que propicia o melhor entendimento do “dicionário” como um todo.

3) Update 07/02: A 2ª parte do Dicionário já está no ar, de F a L. Para ler, é só clicar aqui.

Atenciosamente,

Lu, Ana e Bela.

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s