Arquivo da tag: Receitas

Muffins

Padrão
Cupcake

Ontem testei a receita do “Whole wheat banana nut muffin“, que encontrei no “How to eat a cupcake“. Vira e mexe entro naquele site e fico babando nas receitas todas, já que olhar não engorda né?

Tive que mudar um pouco, pois me deparei com algumas situações adversas: falta de nozes em casa, ovo muito pequeno, bananas meio pequenas e não muito maduras, e o desconhecimento do que viria a ser “cramberries” (provavelmente alguma frutinha maravilhosa que não existe aqui no hemisfério sul), tendo que usar a boa e velha uva-passa no lugar. Quem não tem cão, caça com gato!

No final das contas, ficou delicioso e fez muito sucesso por essas bandas de cá! Além do mais, é saudável, integral, feito com fruta e não compromete a dieta.

Mas, vamos ao que interessa: a receita!

Muffin Integral de Banana com Amêndoas e Passas
(Rendimento: de 10 a 12 muffins.)

– 1/3 xíc. leite
– 1/4 xíc. óleo
– 1 ovo
– 1 1/2 xíc. farinha de trigo integral
– 1 xíc. farinha de trigo branca
– 1/2 xíc. açúcar mascavo
– 2 colheres de chá de fermento em pó
– 1/2 colher de chá de sal
– 1 xíc. bananas amassadas (mais ou menos 2 médias)
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 1/3 xíc. de uvas-passas
– 1/3 xíc. amêndoas ou nozes levemente torradas e grosseiramente picadas
– Cobertura Streusel, opcional (receita abaixo)

1) Pre-aqueça o forno em 200°C.
2) Faça a receita da Cobertura Streusel, reserve.
3) Unte com margarina de 10 a 12 formas próprias para muffin, de metal ou cerâmica, polvilhando farinha de trigo branca para não agarrar. Reserve.
4) Numa tigela grande, bata leite, ovo, óleo e as bananas amassadas. Vá juntando as farinhas, o açúcar, o sal, a baunilha, e por último o fermento em pó. A massa vai ficar bem consistente. Incorpore as passas e as nozes (ou amêndoas) picadas, misture bem, mas sem bater. Divida a massa igualmente entre as forminhas de muffin. Por cima da massa, despeje 1 colher de sopa de Cobertura Streusel, se for usá-la, em cada forminha.
5) Asse durante 20 a 25 minutos, ou até ficarem marrom-dourados. (Este tempo varia muito de forno pra forno, portanto, não se esqueça de testar com um garfo no meio do muffin: se sair limpo, está assado!)
6) Após tirar do forno, espere uns 5 minutos para desenformar. Caso esteja usando forminhas de papel dentro das de metal (ou cerâmica), desenforme imediatamente.

Cobertura Streusel

– 1/4 xíc. farinha de trigo branca
– 1/4 xíc. açúcar mascavo
– 1/4 colher de chá de canela em pó
– 2 colheres de sopa de margarina

Numa tigela média, misture a farinha, o açúcar e a canela. Corte em cubinhos a margarina e usando um batedor vá misturando tudo até incorporar bem, virando uma espécie de farofa crocante.

Observações: Confesso que ao bater, achei a massa do muffin um pouco consistente demais, parecendo massa de pão. Isso pode ter relação com vários fatores: clima muito seco, leite desnatado (pois não tinha do integral em casa), a banana era “prata” e não estava muito madura, etc. Então tive que aumentar, no “olhômetro”, um pouquinho a mais de leite (cerca de 2 colheres de sopa a mais) e de óleo (mais ou menos 1 colher de sopa a mais também). O açúcar mascavo daqui de casa estava meio compactado, então creio que coloquei 3/4 de xícara ao invés de apenas 1/2 xícara. Mas mesmo assim, depois que bati, a massa ainda ficou bem consistente. Depois de assado, o muffin ficou perfeito! Massa boa, macia, na saborosa, na consistência e umidade certas!

Espero que testem e gostem da receita! Eu recomendo.

Ana.

Para ver mais fotos, clique aqui.
Para ler a receita original, clique aqui (em inglês).
Para dúvidas, deixe um comentário ou mande e-mail para falecom.mineirasuai@gmail.com.

Prato visto de cima
Anúncios

Nhac!

Padrão

Pão torrado com queijo, alface, ovo, tomate e bacon. Um pouco de maionese para temperar. Voilá! O melhor sanduíche do mundo, bem ao alcance das mãos. Cai bem beber uma tulipa de chop bem gelado, ou um vinho tinto na temperatura certa, pra acompanhar esta perdição…

Duvidam?

Preguiçosos de plantão, madames de unha feita, saiam já da dieta e corram à cozinha. Vamos à receita:

Você vai precisar de:

– 2 fatias de pão (ciabatta, pão integral, caseiro, etc. Qualquer um serve, desde que possua massa firme e gostosa);
– 4 fatias grossas de tomate (prefira o tipo italiano, que é mais carnudo e tem pouca acidez. Mas se não tiver, qualquer um serve!)
– 2 fatias finas de bacon (compre daquele que já vem fatiado, daquela marca conhecida)
– 2 folhas de alface (crespo, roxo, normal, qualquer um serve.)
– 2 fatias Queijo (de preferência um que derreta bem – ou seja, ricota e derivados estão fora!)
– 1 ovo
– maionese

Primeiro torre as duas fatias o pão até ficarem douradas e crocantes. Derreta o queijo como preferir, no microondas ou numa frigideira no fogão. Despeje o queijo derretido em cima de 1 das fatias do pão. Reservve.

Na outra fatia, passe um pouquinho de maionese e cubra com as 4 fatias de tomate.
(A função da maionese é apenas para fixar o tomate, é bem pouca mesmo. Então, quem não gostar – como o
Allan – pode substituir por qualquer queijo cremoso capaz de exercer esta função.)

Frite o bacon.
(Importante: não use gordura para fritar o bacon, a não ser que queira ter um infarto já-já! Faça o seguinte: no microondas, cubra uma “pirex” de vidro com 2 folhas de papel toalha. Por cima, as fatias de bacon, e em cima delas, mais 2 folhas de papel toalha. Leve à potência máxima por uns 2 minutos e meio. Pronto! Fica crocante e saboroso, e a gordura sai no papel.)

O bacon vai por cima do tomate, e depois dele, a alface. Frite o ovo deixando a gema molinha. Deposite-o cuidadosamente sobre a alface. Por último vai a outra fatia de pão, que já está com o queijo derretido.

Para dar um toque de chef, parta o sanduíche ao meio e separe uns 2 cm uma metade da outra. Isso fará com que a gema estoure e escorra por todo o sanduíche. Acredite, é isso que o faz ficar TÃO bom.

COMA IMEDIATAMENTE!

Esta receita eu aprendi no filme “Spanglish” (“Espanglês”). Já fiz inúmeras vezes e é SEMPRE um sucesso. O maior segredo é usar ingredientes frescos e de boa qualidade, e cuidar para que a apresentação do prato seja igualmente apetitosa.

Ana.

*** Update ***

Gente, como já foi dito acima, conheci esta receita no filme SPANGLISH (“Espanglês”). Uma das personagens centrais é um chef de cozinha (Adam Sandler – fazendo um papel sério, diga-se de passagem), que num determinado momento, prepara sua versão do MELHOR SANDUÍCHE DO MUNDO – que é a receita publicada aqui.

A receita foi criada especialmente para o filme pelo chef Thomas Keller, que treinou Adam Sandler para o filme.

Óbvio que fiquei com água na boca e corri pra cozinha testar… Quem provou, gostou!

(Receita: Thomas Keller. Foto: internet)

Broa de Fubá

Padrão

Broa de Fubá

Vocês pediram, minha mãe permitiu, e eu publiquei a receita:

BROA DE FUBÁ CREMOSA

Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 1 copo de fubá (200 g)
  • 1 copo (200 g) de queijo ralado (canastra, meia-cura)
  • 1/2 copo de coco ralado (mais ou menos 50 g)
  • 1 copo de açúcar (200 g)
  • 1 copo de óleo de soja (200 ml)
  • 1 copo de leite frio (200 ml)
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa bem cheia de fermento em pó
  • Açúcar refinado e canela em pó para polvilhar a gosto.

Numa vasilha, misturar o queijo e o coco ralados, junto ao fubá. Reservar.

No liquidificador, bater os ovos com óleo, leite, farinha de trigo, açúcar e sal. Despejar na vasilha com os secos (queijo + coco + fubá) e misturar bem. Por último, acrescentar a colher bem cheia de fermento em pó à massa.

Despejar tudo num tabuleiro retangular médio, untado e enfarinhado.

Assar por 30 a 40 minutos em forno pré-aquecido a 180ºC.

Misturar o açúcar refinado com a canela em pó e polvilhar em cima da broa já assada, antes de servir.

**********************************************************************

Não é fácil? Experimentem e depois me contem o resultado!

Ana Letícia
@analeticia