Arquivo da tag: André Oliveira

PROJETO MACABÉA

Padrão

“Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam.” (Clarice Lispector – A Hora da Estrela.)

Me chamem de louca. Mas ao menos não estou sozinha. Existe toda uma corja ao meu lado, um bando de malucos que amam, respiram, vivem, sentem, querem, respeitam, criticam, escutam, veneram, lêem, trabalham… CULTURA! (Vejam a listinha “básica” do Comitê Gestor, aí na barra lateral.)

E não é que o projeto está começando a sair do papel? O Macabéa está começando a tomar corpo, forma, cores, rostos, nomes. E tem tudo para ser um sucesso… Sabem por quê?

O Macabéa será, de início, um site/blog que tenha a capacidade de ser uma revista sem deixar de ser um simples blog. Será um portal especializado na divulgação e discussão das tendências do meio e das inovações na criação artística. Um projeto que tenha a aptidão para ser um portal cultural sem se perder em armadilhas técnicas e dificuldades operacionais. Que possa ser divulgado com facilidade e tenha a destreza de reunir pessoas afins e leitores desavisados. Que sirva para Josés e Serafins, para blogueiros viciados a poetas, literatas, artistas, estudantes e jovens em fase de inclusão digital. Acima de tudo nosso projeto deve gerar conhecimento, entretenimento, interatividade, inovação e um perfume de cidadania. (Palavras do pai da coisa: André Oliveira.)

Gostaram? Pois então aguardem as cenas dos próximos capítulos…

Ana.

Anúncios

Sacras Magias

Padrão

SACRAS MAGIAS

Avizinha-se o tempo farto
Que tomarei seu cerne casto
Encaixar-me-ei em seu quarto
Me alastrarei por seu corpo
E por outras canduras mais

Mergulharei em sua carne
Saborear-te-ei com alarde
Lambuzarei seus contratos
Seu tato, seu mato, seu fato
E tantas agonias mais

Adaptar-me-ei a sua alma
Resgatarei sua calma
Habitarei sua história
Seus momentos de glória
E inquietas aleluias mais

Morrerei para o mundo
Num aceno profundo,
Um despontar noturno
Na mata espessa da paz
Renascerei acanhado, tolo, um bobo
De sacras magias mais.

(André Oliveira)

Ps. 1: Ganhamos este poema de presente do nosso amigo blogueiro, baiano, mineiro, paulistano, poeta, brasileiro, André Oliveira, a.k.a Jerico, pelos 03 (três) anos do Mineiras, Uai, completados em Agosto!!!
Ps. 2: Esta foto é de autoria de Víctor Manoel Nunes Silva Branco (olhares.com), que encontrei através do Google Imagens (claro!), no site Partos de Pandora. Linda, não?
Ana.