Salve-se quem puder!

Padrão

Atenção! Atenção!
Fogo no “compartimento X”! Fogo no “compartimento X”! Todos os funcionários! Dirijam-se ao ponto de encontro imediatamente! Fogo no “compartimento X”!
D. larga sua prancheta, caneta e anotações, lê a placa que indica o equipamento que estava sendo vistoriado, e pensa: “Estranho… estou verificando exatamente o ‘compartimento X’ e não vejo fogo algum… Será que eu não vi? Melhor seguir as instruções.” Uma sirene intermitente soa, enquanto o locutor continua sua ladainha.
D. segue andando para a sua cabine, veste o colete salva-vidas e vai para o ponto de encontro 4. Vê que todos os outros empregados estão fazendo o mesmo, cada um para seu ponto de encontro. Em menos de 2 minutos chega ao local, em frente à baleeira de escape.
Tan! Tan! Taaaaaannnn! (Continua a sirene) Atenção funcionários! Acomodem-se em seus lugares na Baleeira 4! Repito, Baleeira 4!
D: “Não é possível, terei que entrar na baleeira com mais 49 peões. Só essa que faltava!” (pensa, assustado).
Imediatamente, todos da equipe do ponto de encontro 4 entram em sua baleeira, inclusive D.
Tan! Tan! Taaaaaannnn! (Continua a sirene, soando sem parar.) Baixar baleeira 04! Abandonar plataforma!
Todos os 50 empregados encolhidos na baleeira 04 se olham, assustados. D. continua sem entender como seria possível tal coisa acontecer, pois estava defronte ao “compartimento X” e não vira sinal de fogo algum. Mais 2 minutos naquela posição desconfortável e….
Para a sirene. Para a baleeira. “Isto foi um treinamento de salvatagem. Retornem aos seus postos.”

*********************

Isto foi uma amostra do que é passar um dia numa plataforma de petróleo, no meio do mar. Além da pressão de se estar em cima de uma bomba relógio, que pode explodir a qualquer minuto, no meio do nada, ainda têm que passar por estes treinamentos. O Amor ficou lá de 2ª a 4ª, e teve a “sorte” de participar de um treinamento desses, no ponto de encontro 4.
Vai ser “fechado” assim, viu?

Beijos

Ana Letícia.

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s