DESEJO…

Padrão
Desejo, que você tenha a quem amar… e desejo muito mais. No texto que escrevi em homenagem ao meu amigo Youssef, recebi um comentário de uma garota chamada Luma. Como ela tem um blog, resolvi visitá-lo: http://www.exepes.blig.ig.com.br/, que por sinal é interessantíssimo. Li quase tudo, mas, um poema (que eu não sei quem escreveu) me chamou muita atenção, e me deixou, um tanto quanto, digamos que, vermelhinha… Muita ousadia num poema só… ufa… neste calor então!?…
Pasmem!!! Aí vai:

“O nojo do substantivo – foi há trint’anos – ao sol de hoje se derrete.



Nádegas aparecem em anúncios, ruas, ônibus, tevês.



O corpo soltou-se.



A luz do dia saúda-o,nudez conquistada, proclamada.



Estuda-se nova geografia.



Canais implícitos, adianta nomeá-los?



Esperam o beijo do consumidor-amante, língüa e membro exploradores.



E a língüa vai osculando a castanha clitórida, a penumbra retal.



A amada quer expressamente falar e gozar



gozar e falar vocábulos antes proibidos



e a volúpia do vocábulo emoldura a sagrada volúpia.”




Posso até parecer ignorante, mas, sinceramente: Quem escreveu isso, meu Deus do céu??? Fiquei e continuo súper curiosa pra saber quem é este escritor!? Procurei até no Google … Fiquei ainda mais sem graça. Quando eu tentava procurar como: “poemas sensuais”, ou “poesia…” , me deparei com umas cenas totalmente indecorosas, até quando procurei por poemas de Nelson Rodrigues, as tais ceninhas (de pura “putaria”) apareceram… quêqueisso…. Desisti. Se alguém souber, mande através dos comentários, ok!
Estou com medo da reação da Lúlis, ela é super católica e certinha… aiaiai… é só um poema, tá Lú! Já a Anita, vai gostar, hein, Ana banana!!!

Obs.: Luma, espero que você não se importe. Mas, não resisti.

Ai… ai… Perdi o fôlego… Acho que o texto não precisa de mais nada. Concordam?

Bessos calientes!!!

Donária.

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s