Sinuca de Bico

Padrão

Sinuca!

Se você pensa que é só brincadeira
Peraí meu irmão, que tu tá errado
Entrei numa sinuca de bico de bobeira
E acabei saindo todo atazanado

Pode crer colega, fui jogar com uns caras feras
Numa maré de azar – você pode acreditar
Apostei tudo que eu tinha na carteira:
O cachorro, a mulher, a empregada

O cabra veio com o taco diamante
Me esnobou, jogou tudo e mais um pouco
Perdi a fé… Perdi a mulher amada
E no fim paguei ainda a cachaça!

E tem mais coisa, tu nem vai acreditar
Embriagado – desesperado – desorientado
Apostei a gema preciosa que sobrara

Sem as calças sem a carteira e a cabeça furada
Aqui estou:
Sem vida
Sem filha
Sem nada.

Ana.

(foto e texto)
Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s