O MUNDO ANDA, CORRE, VOA… E MUDA…

Padrão
Você pode não fazer nada o dia todo, ou fazer milhões de coisas o tempo inteiro, e quando percebe o tempo passou…
E passa mesmo… e as vezes muda sua vida.

6:30: Peeennnnnnnnnnnnnnnnnnnnn!!! O dia já começa corrido, daqui meia hora tenho que sair para a academia, afinal minha barriguinha e meu colesterol agradecem.
Mas claro que um café com meio pãozinho de sal e pouca manteiga não podem faltar. Ah, e claro, uma banana ou mamão e muita água na garrafinha.
7:00: Camilaaaaaaaa!!! Antes de ir à academia, chamo minha amiga Camila, para animar na malhação.
7:10: “1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10… Vamos lá meninas, o bumbum tem que ficar bem gostoso”. Esse é o ritual de todo dia, aula de ginástica localizada, step, jamp e a Eunice nos forçando a fazer mais exercícios.
8:00: Tchau, tchau que já estou atrasada. Teria que estar no escritório às 8:30, no máximo, mas antes de 9:15 não dá. Até tomar banho, trocar de roupa e pegar o busão… Mas está bom, porque também antes de 18:00 não saio do trabalho.
9:15: Bom dia, gente! Bom dia! Bom dia! Lá vem a Jamile correndo com vários recados para mim, porque cliente problemático acorda cedo e quer nos ver trabalhando cada vez mais. E se não retornar as ligações rapidamente, escuto desaforo. Mas nem todo dia dá para retornar, no último mês então, isso aconteceu poucas vezes. E tenho que levar xingo calada, o cliente tem razão.
10:40: O estômago já começa a roncar, mas nada de ir almoçar tão cedo, como o Hênio faz no escritório (11:00 para ele é hora sagrada, o despertador do estômago é pontualíssimo). Uma maçã meiada com a Magna, um biscoitinho para despistar a fome, ou café pra resistir mais um pouco até a hora do almoço.
12:15: Quase sempre saio para almoçar com a Magna neste horário, já conhecemos a comida gostosa do restaurante, os atendentes, garçons, etc. E depois do almoço aquele chazinho de abacaxi ou maçã com ervas, delicioso…
13:00: Estou naquele ritmo pós almoço, meio preguiça, meio sono, mas o trabalho continua e um café pra acordar.
14:00 às 17:00: Terminar aquele prazo fatal, atender clientes, sair correndo para audiências ou despachar com juízes no Fórum ou Justiça Federal… e as horas passando…
17:15: Ai, pausa para o lanche! O tradicional pãozinho do MartPlus, gostoso né, Gleice? O cafezinho feito na hora pela Jamis e a posterior “barriga de pãozinho” como diz a Magna, essa é boa…
18:00: “É hora de dar tchau, é hora de dar tchau” (vocês se lembram dos Teletubs?), chega a hora sagrada… mas nada de ir descansar em casa. Saio correndo para o cursinho, pegar um lugar na frente e prestar atenção em tudo, afinal, o concurso está chegando…
19:00 às 22:30: Atenção, muita atenção! Legislação, apostila, concorrência, matéria, exercício, professores tentando manter a concentração depois de um dia corrido. Eu tiro o chapéu para eles.
22:30: Correr para casa, de bus ou de carona, pra dormir as 23:30 e acordar às 6:30 de amanhã…

Ufa, obrigada à Deus pelo dia, pelo trabalho prestado, pela saúde mantida, pelo din din no final do mês.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
O MUNDO ANDA, CORRE, VOA… E MUDA…

E de repente, depois de várias tentativas, vou conseguir que esse meu ritmo mude.

Amigos do blog, estou muito feliz por ter sido chamada para assumir um cargo público no Fórum de BH, depois de horas, dias e meses de estudo, passei no concurso público e fui nomeada no último dia 04 de setembro.
Meu coração está a mil, ansiedade pra começar a trabalhar, expectativa de viver mais tranqüila e melhor.
Parar de estudar, não! Até passar num concurso melhor, aquele dos sonhos… Mas isso vai ser outra história…

Beijos a todos, é muito bom poder dividir minha alegria com essa turma interativa do blog!

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s