Padrão
Continuando no meu espírito pascal, trago pra vocês este texto maravilhoso que foi colocado no folheto da missa de ontem. Sei que nem todas as religiões contemplam a figura de Maria, mas sem essa mãezona muita coisa no mundo ficaria a desejar.
Eu me vejo como uma Pequena Maria no mundo e acho que todas as mulheres têm um pouco dela.
Não estou querendo catequisar, mas o objetivo do nosso blog é trazer a público todos os temas e discussões. Todas as opiniões são bem vindas!
Beijos e boa semana para todos, Lú
ACELERAR O PASSO

Aceleramos o passo sempre que buscamos algo importante para nossa existência. Quem ama não se cansa facilmente nem se deixa vencer pelo desânimo. Ao contrário, enfrenta qualquer obstáculo para conseguir seu objetivo.

O evangelho de hoje nos convida a buscar a vida e tirar as pedras que a sufocam. Estas, por mais pesadas que sejam, nunca deveriam deter a marcha da vida.

Maria Madalena e tantas outras Marias, inconformadas com a dor e a morte, madrugam na esperança de conseguir a vida. São mulheres corajosas e teimosas que não ficam chorando em razão da morte, mas buscam a vida que brota até dos túmulos soterrados. São mulheres ansiosas por vida e amor.

Quem tem coragem de madrugar e arregaçar as mangas faz a vida acontecer. Esse é o exemplo de Maria Madalena e de tantas outras Marias, que se organizam e, unindo as forças, arrancam as pedras que sufocam a existência.

Essas mulheres sabem que ninguém consegue deter a força que possuem quando posta em comum. Em mutirão, partilham o pão por elas amassado, lançam a semente na terra generosa das hortas comunitárias, fazem surgir do chão pisado barracos que abrigam da chuva e do frio, brigam para que os poderes públicos construam o posto de saúde do bairro e façam a creche necessária para acolher suas crianças, mobilizam-se para que a escola prometida na campanha política se torne realidade.

A ressurreição de Jesus é como uma semente lançada no coração de cada ser humano e no chão da vida do povo – precisa ser cultivada com muito amor e carinho. Jesus ressuscitado é a certeza de que vale a pena lutar contra os sinais de morte. Vale a pena madrugar e correr em busca da vida: ela se encontra em algum lugar. Ainda hoje é possível vê-la brotando dos escombros da morte.

Nilo Luza

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s