Chega de lero-lero

Padrão

Blá-blá-blá…

Vamos falar de ações concretas…

O que você já fez para ajudar a alguém que tem mais necessidades básicas que você?

Você é capaz de sair do conforto próprio, do abrigo de seu lar pra este dilúvio que recai sobre nossas cabeças todo santo dezembro e janeiro em BH, para fazer algo pelos outros, menos afortunados?
As pessoas pensam que são elas é que devem ser ajudadas… “Tenho que pagar IPVA, IPTU, IR…” – “Presentes de Natal, gastos em casa…”

Mas e quanto àquelas pessoas que, não só no Natal, mas o ano inteirinho não têm roupas para vestir, sapato pra calçar, e o que é pior, COMIDA!?

Os noticiários não param de exibir matérias sobre a CIDADANIA que se aflora no Natal… Mas e a CIDADANIA que devemos exercer durante todos os dias das nossas vidas? E os impostos que pagamos sem contestar, e pagamos pelos erros, sonegações e tudo o mais que alguns poucos – os mesmos poucos que detêm a maior parte do PIB – cometem?

Enfim, nada justifica a falta de educação, de solidariedade, de respeito… Tudo bem que o “governo” é culpado de ter gente passando fome, necessidades, etc… Mas pôxa, culpar ao governo é culpar a nós mesmos! E SIM, NÓS SOMOS OS CULPADOS SIM! Não somos NÓS que elegemos nosso próprio “governo”? Esta não é uma “democracia”?

Mas deixando de lado as convicções polítcas… Fiquei sabendo de uma iniciativa muito legal dos Correios.

Lembra quando você era criança e escrevia cartinhas pro Papai Noel, dizendo o quanto você foi bonzinho o ano inteiro, e pedindo uma lista de presentes???

Pois é, tem gente que realmente ENVIA as cartas, endereçadas pro Pólo Norte, ou pro “céu”!

Outra ação de caráter social que envolve os carteiros e que tem tido grande receptividade, sobretudo por parte da imprensa, é o Projeto Papai Noel nos Correios. Este trabalho consiste no recebimento de todas as cartas enviadas ao Papai Noel, em sua maioria, com o endereço do Pólo Norte ou do Céu, no período natalino (cerca de 60 mil cartas) e que são examinadas, uma a uma, por equipes de empregados e de voluntários da sociedade.

O Correio pega estas cartas e manda todas pra uma central – aqui em BH acho que fica na Av. Paraná, não sei se a agência central da Afonso Pena tem isso tb – que ficam à disposição de quem queira ajudar, como voluntário: empresas, particulares, poder público, etc.

Quando é possível atender ao pedido, confirma-se a entrega, procurando-se atender aos pedidos de necessidades mais urgentes e de situações de maior carência. Quando não é possível o atendimento, envia-se uma mensagem confirmando o recebimento da cartinha, com palavras de carinho e de incentivo para a criança a continuar numa atitude construtiva e no caminho do bem.

Você se encarrega de comprar os presentes, e o Correio se encarrega de entregá-los.

Os presentes são entregues por carteiros ou outros empregados dos Correios em regiões carentes nos grandes centros urbanos com grande visibilidade da instituição Correios, na maioria dos casos, com os carteiros vestidos de Papai Noel.

Meu irmão e a namorada ficaram sabendo da iniciativa e foram lá na Av. Paraná esta semana para participar como voluntários. Voltaram com 05 cartinhas e os respectivos presentes já comprados. Falaram que tinha carta pedindo material escolar, roupinha, cesta básica, caixa de bombons, etc… Mas também tinham umas pedindo Note Book, Palm Top, iPod, PlayStation2, etc, etc… Aí já é brincadeira…

Mas, enfim, achei uma coisa simples e legal, às vezes com menos de R$ 10,00 você vai fazer um Natal inesquecível pra uma criança…

Abraços a todos

Ana Letícia.

Ps.: DOMINGO, 19/12, a partir das 19h, show no Calle Pub MG-30 – Seis Pistas – da banda Chapéu Panamá. Muito samba de raiz rolando, porque quem samba é feliz!

Ps.2: Nova decoração de Natal… Pra gente poder já ir entrando no clima… Jingle Bells

****** “APIDEITE ” 19/12/2005 ******

E por falar em solidariedade, o Bia Jones, um dos blogueiros mais sexy da blogosfera brasileira (não fui eu que falei, gente, não me comprometam…) nos lembrou sobre a venda de calendários de mesa de 2006 do Centro Boldrini, muito bonitos.

“O Centro Boldrini é referência em tratamento de câncer infantil na América Latina, atendendo 80% de graça e obtendo cerca de 70% de cura.” (Palavras de Biajoni)

Leia mais aqui, sobre o Hospital Boldrini de Campinas e o calendário 2006.
É por uma boa causa, galera… Vamos ajudar?

Beijinhos

Ana Letícia

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s