FAMÍLIA…

Padrão
Para completar o tempo de nostalgia que se inicia com o Natal e termina no Ano Novo, vou falar hoje sobre família.

Isso mesmo, família… esta instituição que começou sabe-se lá Deus quando e nunca vai terminar… será? Tomara!

No dia 25 fui à Missa de Natal e me deparei com o Evangelho da Sagrada Família. Pais, mães, filhos, todos devem respeito uns aos outros, carinho, compreensão, amizade, amor!

Ai fiquei pensando na minha família. Papai, mamãe, Ju, Xande e Gui, não poderia haver família melhor!!! Tudo bem que briguinhas existem, e até fazem parte do relacionamento… nem sempre sabemos onde o Gui está, como está o namoro do Xande ou se a Ju já saiu com os amigos ou está em casa, mas é uma turma maravilhosa!

Mamãe como sempre é o elo de tudo… amor incondicional, doação total. Papai o conselheiro, amigo, fiel. Estes dois são os meus ídolos!

Mas fico pensando naquelas famílias que não são unidas, que um nem sabe o que está acontecendo com o outro. Neste momento lembro alguns nomes de tios, os quais nem sei se lembram da “pekena” sobrinha aqui. A família da mamãe é bem unida, destes não tenho queixas. Mas a família do papai… nem sei por onde anda. Só nos encontrávamos no Natal, quando vovó era viva (ela faleceu em julho de 2003), e desde então, a desunião assolou os filhos. Nem agora no Natal tive notícias de todos… pena…

E conheço ainda mais famílias que não são unidas, pais que não estão nem ai para os problemas dos filhos… até que estes entram no mundo do álcool ou das drogas e chamam a atenção. Acho que este não era o propósito de Deus quando pensou na família. Mundo mudado, conceitos desvirtuados…

Bom, como este é meu último post do ano, desejo a todos um 2005 de união para os lares. Rezo mesmo por todas as famílias do mundo, para que sejam afetas e que daí comece a paz que nosso mundo tanto precisa.


Beijos Lú
P. S. : amanhã é aniversário de casamento dos meus pais, 30 anos de união e amor. Parabéns para eles!!!
Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s