Forno Mal Regulado

Padrão

Caros amigos,

Desculpem pelo post sem inspiração… neste momento, é impossível! Sinto-me como se estivesse dentro de uma sauna, o dia inteiro. Não sei o que é pior, ficar parada ou sair na rua, pois, de uma forma ou de outra, não há vento, nem umidade. Os dias demoram muito a passar, e a paisagem sempre é muito clara e iluminada demais, e em vários pontos da cidade noto muita vegetação seca e ou queimada.

Sábado passado estive em Divinópolis, Oeste de Minas. Lá é um pólo de indústria têxtil, e tudo é tão barato (roupas de malha, jeans, etc) que você até duvida de o vendedor estar lhe dizendo a verdade quando você pergunta o preço!

Não preciso nem falar que, enquanto papai suava (literalmente!) para garantir o “leitinho das crianças”, eu e mamãe nos esbaldávamos no comércio local… Foi aí que notei que, pelo menos ali na região da Rodoviária da cidade, onde tem vários shoppings e centros comerciais, as ruas e calçadas não tinham quase (ou nenhuma) arborização… O sol estava causticante, assim como em BH, e o resultado de 4 horas e meia de compras num local como este só poderia ser leves queimaduras de sol e uma indisposição que em muito parecia com “insolação”.

Chegamos num estado de calor tal, que eu comentei:

– Mãe, este calor está me fazendo lembrar Cabo Frio (Região dos Lagos do RJ) em pleno Janeiro!

Mamãe: – Ana! Até pelo que eu estou entendendo (se é que estou entendendo alguma coisa), nós ESTAMOS EM CABO FRIO!

Não, isto não foi conversa de ET, nem de bêbado, nem de “loucos de todo gênero” rs… Apenas duas mulheres alucinando por causa do sol e do calor!!!

Como foi publicado pelo papai no
Prás Cabeças:

“(…) Não sei se a vida se torna um inferno, ou um forno mal regulado.”

Só sei que quando voltei prá Belo Horizonte, no sábado mesmo, dei Graças a Deus por morar nesta cidade arborizada, no alto da serra, com “clima de montanha” e com brisa fresca, pois aqui só estava fazendo 35 graus, contra os 40 de “Divi”… Apesar de ter amado ir a Divinópolis!






Fala sério! E nós aqui morrendo de calor! O jeito então é se refrescar em Ushuaia!



Ana Letícia.

Ps: Vale destacar que lá em Divinópolis tem um local bem mais aprazível (em termos de arborização) que a região da Rodoviária, e um dos bairros súper charmosos se chama “Savassinha”, uma carinhosa homenagem a nossa Savassi, cheio de bares e restaurantes badalados. Almocei um churrasco de peixe delicioso na Cervejaria Savassi, lá mesmo, em frente ao Clube Estela do Oeste! Vale à pena conferir: comida, boa, barata e farta! Êta Minas Gerais, bom demais, sô!

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s