Ferradura

Padrão


do céu do Paraná
procurei por uma ferradura
no solo recortado
de montes repicados
me traria sorte?
para meu espanto
encontrei mais de trinta
retorcidas, enfeitadas
rodeadas por um rio largo de águas ora verdes
ora azuis
mas em nenhuma delas
encontrei você
eu não sabia
que a procura tinha cessado
o tempo todo estavas ao meu lado
fechei os olhos
e antes de acordar
sonhei com você
abri os olhos
você batia em minha porta
arrombava meu peito
dominava meu corpo
numa dança desconhecida
destemida
e sem precedentes…

Ana

(Texto e foto: Ana Letícia.)

** Todos os direitos reservados. **

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s