A Praia de Belô

Padrão

(Atualizado 2ª Feira, 25/09/2006 – Resposta sobre o alimento, veja no final do texto…)

Huum… Cabo Frio? Não. Guarapari? Não. Vitória? Rio de Janeiro? Porto Seguro? Não, não, e… não.

A praia de BH é mesmo o SHOPPING CENTER. (Ou o botequim, é bem verdade, que está presente em 11 de cada 10 esquinas da capital.)

Mas uma pesquisa realizada em 6 capitais do Brasil – São Paulo, Rio, Brasília, Salvador, Porto Alegre e BH – comprovou o que já era um consenso entre a população mineira: Mineiro não vai à praia, vai ao Shopping!

Para se ter uma idéia, somos os campeões nos gastos com: compras (R$ 138,00 contra a média nacional de R$ 95,00), comida, ou seja, fast food – para mim, uma triste constatação e um péssimo gosto – (R$ 17,00 contra a média nacional de R$ 13,00), e no motivo de se ir ao shopping: PASSEIO! (26% contra a média nacional de 19%).

Bizarrices mineiras à parte, o novo Guiness Book Edição 2007 chegará às bancas em Outubro
E não é que os nossos hermanos do sul também são muito comilões? Ganharam destaque nos quesitos ‘porcentagem diária de alimentos consumida acima das recomendações mínimas da FAO’ e ‘consumo de carne por pessoa’: 183% e 56,3 kg, respectivamente, por pessoa, por ano!!!

Bizarro, não?

Aliás, alguém aí sabe o que é BIZARRO?

O CL já explicou… Quem quiser conferir isso, e saber de mais uns recordes tão ou mais bizarros quanto esses, é só clicar AQUI.

Ah! E qual o alimento mais consumido no mundo todo? (Segundo o Guiness 2007)
Quatro chances:

a) Arroz
b) Trigo
c) Ovo
d) Banana

–>> Pensou TRIGO? Errou! OVO ou ARROZ? Também NÃO!
NINGUÉM ACERTOU!!!
O alimento mais consumido no mundo – segundo o Guiness Book 2007 – é a BANANA!!!!!
E depois falam que não somos descendentes dos MACACOS!!! 😉


[ ]s

Ana.

Anúncios

Sobre Ana Letícia

@analeticia Autora do blog Mineiras, uai! desde 2004, nasceu em Belo Horizonte-MG. É advogada e sagitariana. Gosta de poesia, literatura, fotografia música boa e dança clássica, contemporânea, de salão, etc. Já quis ser bailarina, como toda menina, e até hoje fica nas pontas dos pés. Participou do Projeto Macabéa com outros escritores blogueiros do Brasil, e foi uma das editoras do Castelo do Poeta, junto com seu primo, o saudoso poeta João Lenjob.

COMENTE!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s